fbpx
5 ideias de fachada para o seu comércio

5 ideias para transformar a fachada da sua loja

Definir o projeto para a fachada parece ser um desafio enorme para o lojista, pois é preciso cuidar de cada detalhe. A fachada, por exemplo, é uma das responsáveis por atrair ou repelir um cliente em potencial.

Quantas vezes você já passou por um local e nem notou que havia determinado comércio instalado por ali? Isso aconteceu porque a fachada deve ser um ponto focal em meio a tantas outras lojas que existem no entorno.

Para clarear ainda mais esse assunto, listamos 5 ideias bacanas para colocar em prática na fachada de uma loja de pequeno porte, ou seja, que tem o espaço da frente como principal desafio.

 

Anote nossas 5 dicas e comece hoje mesmo a mudar o visual do seu negócio:

 

1 – Placas recortadas com marca e telefone.

É simples: você pode utilizar diversos materiais para fabricar a placa, que ficará suspensa no local mais bonito visualmente. As placas de madeiras para ambientes mais rústicos ou as de metal pintado dão um ar contemporâneo.

Cuidado com o PVC, o material é barato, mas não resiste ao calor e deformará rapidamente. Escolher a plaquinha dependerá muito da identidade visual da sua loja. A vantagem desse tipo de fachada é a simplicidade e preço relativamente baixo, com uma série de opções.

Pode ser pendurado por um suporte tipo mão francesa, consequentemente sobrando mais espaço para vitrines e exposição de produtos.

Não esqueça dos dados para contato. Geralmente o consumidor olha a vitrine enquanto a loja está fechada e se gostar de algo, entra em contato posteriormente.

2 – Fachada inteira de vidro com a marca em letra caixa

Uma ideia muito elegante é a fachada toda envidraçada com a marca em Letra Caixa aplicada sobre o vidro. Nesse caso, pode ser em metal pintado, inox ou pvc. É considerada uma ótima alternativa, pois não atrapalha a vitrine e nem o entendimento de quem passa na rua. A fachada de vidro precisa ser reforçada e costuma ser viável a aplicação em lojas de shopping ou lugares privados.

De qualquer forma, a fachada de vidro tem grandes vantagens, pois transmite elegância e também possibilita o capricho no interior da loja. Porém, lembre-se de mantê-la sempre em ordem e limpa. Por fim, outra vantagem dos vidros é a possibilidade de colar adesivos para celebrar alguma data comemorativa, por exemplo.

3 – A marca acima do toldo

Esse tipo de fachada para loja pequena é bastante comum, porém, o único inconveniente é o fato de que, quem passa a pé pela calçada, não vê a sua marca que está “escondida” sobre o toldo. Diferente de quem passa de carro, que avistará o nome do seu comércio.

Daí a importância de trabalhar a cor da parede ou do revestimento externo, para garantir e ganhar contraste da marca sobre a parede.

Esse tipo de fachada costuma ser mais econômica e vale a pena caprichar no desenho da marca e na identidade visual, tudo para ter o resultado esperado!

Se optar pelo toldo de enrolar – tipo italiano – a limpeza do letreiro será mais fácil. Diferente dos toldos fixos que tendem a dificultar tal manutenção.

 

 

4 – Símbolo aplicado na porta

Se a tua loja possui ar condicionado e a porta fica fechada o tempo todo, a dica de fachada que vai deixá-la bem singela e elegante é a aplicação do símbolo da sua marca, ou seja, o “resumo” do seu logotipo, de forma discreta. Essa é uma versão bem mais econômica e que deixará sua fachada mais atraente especialmente pelo mistério que causará a quem passar pelo seu comércio.

O símbolo pode ser pequeno ou grande, tudo depende da proporção no geral. Nesse caso, também vale a pena investir na criação do logotipo e da sua identidade visual, pois serão eles os responsáveis pelo resultado final da sua fachada, criando e fortalecendo o vínculo com os clientes.

 

 

5 – Máquinas de ar condicionado

Se na sua loja a máquina de ar condicionado estiver na fachada, isso te criará um problema: ruído visual.

O ideal a se fazer em casos como esse, é projetar um elemento vazado para que o ar circule pela máquina e disfarce tal elemento.

Um brise feito de chapa ou de metalon é uma solução relativamente acessível.

A pintura de ser feita com cores neutras, como o branco, preto ou grafite, sempre com tinta na opção fosca para minimizar a poluição visual que o equipamento deixará na fachada.

 

 

 

Vale reforçar

Leve em consideração o espaço disponível. Se a sua loja é pequena na largura, significa que você terá que lidar com uma parede mais estreita na fachada e, por isso, deverá pensar na proporção. Considerando que o espaço é restrito, é hora de ser criativo, use cores com maior poder de impacto. Revestimentos também podem ser uma boa solução, uma vez que não precisará de grandes investimentos.

Se existe pouco espaço, não faz sentido preenchê-lo por completo, isso gera uma poluição visual excessiva. Pense no seu cliente em potencial: se ele é mais elegante, opte por uma fachada mais sutil. Trabalha com produtos divertidos? Use cores quentes, elementos decorativos e com linhas arredondadas.

Sempre que possível, conte com um designer ou com um escritório especializado no assunto. Eles saberão unir o seu espaço com uma ideia criativa capaz de atrair clientes e dar o resultado que você esperava. Afinal, essa é a primeira impressão que o cliente terá do seu negócio.

 

Texto por: Marcelo Silvani com contribuição de Rodrigo Casari

Marcelo Silvani

Quando escolhi o Design como profissão adentrei ao mundo da reengenharia, fenômeno de gestão dos anos 90. Em 2000 foi o início do Design de Serviços, fato este que os profissionais do Design vivem em plenitude. Reengenharia nas empresas poderia ser usada em três situações: - a primeira é quando a empresa está passando por graves problemas, e não tem outra alternativa se não começar de novo; - a segunda é quando a empresa ainda não se encontra em dificuldades, mas é possível prever futuros problemas e evitar passar por obstáculos; - e a terceira situação é quando a empresa tem um ótimo desempenho, e mesmo sem previsões de problemas futuros, opta por passar pelo processo de Design Estratégico para ganhar mais vantagem competitiva em relação aos concorrentes, e aumentar ainda mais seu desempenho, com a ideia de que ao refazer algo que já é bom, é possível alcançar algo ainda melhor! E é neste sentido que acredito: antever o futuro é hoje a condição de sobrevivência no mundo empresarial competitivo. Pensar em estratégia é pensar o futuro!

Leave a Reply

Your email address will not be published.