fbpx

Como o layout funcional pode ajudar sua empresa a vender mais?

Vamos pensar o ambiente do seu comércio?

Perceba na sua loja ou no supermercado: como as pessoas circulam pelo espaço? Como é o passeio e como encontram ou não as mercadorias? Como a iluminação realça os produtos? A climatização interfere e faz com que o cliente fique mais ou menos tempo no interior da sua loja? Os cheiros e a relação olfativa influenciam? Você sabe o que é layout funcional?

Avalie quais e onde estão os pontos mais aquecidos e os pontos frios – aqueles que as pessoas não frequentam – no seu espaço. Seguindo um raciocínio de quanto custa cada metro quadrado da área que ocupa o seu negócio, todos os locais devem contribuir para a saúde financeira da empresa.

É aí que entra o layout funcional: pensar no que fazer para ATIVAR todos os pontos que favoreçam as vendas.

 

Listamos 5 dicas importantes para você pensar nisso:

 

1 – Iluminação:

Responsável por realçar o ambiente, as mercadorias e estimular a compra por impulso. Loja escura cria um ambiente depressivo. A iluminação correta pode valorizar o modo com que os consumidores veem os produtos, despertando então o desejo nas pessoas;

 

2 – Exposição:

Hoje as pessoas evitam comprar em locais desorganizados, com mercadorias expostas de qualquer jeito, colocadas no chão, empoeiradas etc. Tendemos a ser criteriosos quando compramos algo. Mercadoria exposta de forma desordenada, sugere um produto popular e de preço baixo e qualidade. Além disso, é de grande importância fazer rodízio dos produtos expostos nas prateleiras, entender que quando uma mercadoria não está vendendo, colocar em outro local pode ser a melhor alternativa, visto que dará mais visibilidade a tal.

 

3 – Espaços vazios:

Nas prateleiras eles passam a sensação de que outras pessoas já comparam aquele produto. Portanto, deixar espaços vazios nas prateleiras fará com que os consumidores pensem que outras pessoas estão consumindo aquela mercadoria. E se está vendendo, é bom!

 

4 – Ambientação sonora:

O objetivo é diminuir a hiperatividade, relaxar e estimular os consumidores. As pessoas são impactadas de acordo com a música, estilo e volume do som. É possível perceber tal efeito em lojas de fast fashion ou supermercados por exemplo: próximo à data de pagamento ou final de mês, o volume da música ambiente é capaz de alterar a velocidade do fluxo dos consumidores.

Ritmos mais acelerados e som alto: Faz com que as pessoas se movimentem mais rápido, acelerando as compras e dando vazão nos caixas.

Música lenta e baixa: Faz com que as pessoas se movimentem mais devagar, possibilitando então, o aumentado no volume de compras.

O estilo da música está atrelado à persona da marca. Nunca toque de tudo ou o que o atendente gosta. Entenda o perfil da sua marca: se ela é divertida, agitada, descolada, romântica ou rural. Crie personalidade para a sua loja.

 

5 – Layout funcional para estimular os sentidos:

Eles são responsáveis pela compra por impulso. Você sabia que o cheiro de determinado alimento no passado, desperta o desejo de repetir essa sensação? O mesmo acontece com uma roupa perfumada por exemplo, são várias as ações que podem ser ativadas para desencadear a compra inesperada.

Nosso cérebro é capaz de lembrar de coisas por meio das sensações, e não somente imagens nos trazem lembranças à tona. Toques, cheiros, sons e gostos fazem com que lembremos de ocasiões já vividas.

Nosso subconsciente faz isso de maneira inconsciente. É por isso que utilizar estratégias de marketing sensorial é uma das ações mais importantes que você deve e precisa fazer no seu negócio.

 

Sua marca precisa fazer a diferença!

Com o layout funcional é preciso entregar mais do que produtos, é necessário gerar valor à sua marca, criar um relacionamento com o consumidor e fazer com que ele se sinta bem em frequentar o seu negócio. Isso faz toda a diferença!

Descontos, degustações, bom atendimento? Todo mundo faz isso e você precisa ir além! Muitas vezes um produto pode passar despercebido somente pelos consumidores não saberem como utilizá-lo.

Dê dicas de combinações de produtos, ensine receitas, forneça benefícios, combine cores, texturas… enalteça os produtos que você vende! Isso é passar credibilidade e garantir a fidelidade do cliente e compras futuras.

Não deixe que o gosto pessoal ou achismo possa interferir negativamente no seu espaço, pense o layout funcional como aumento das vendas!

 

No próximo artigo, falaremos sobre a psicologia e a ciência das cores no seu negócio.

Marcelo Silvani

Quando escolhi o Design como profissão adentrei ao mundo da reengenharia, fenômeno de gestão dos anos 90. Em 2000 foi o início do Design de Serviços, fato este que os profissionais do Design vivem em plenitude. Reengenharia nas empresas poderia ser usada em três situações: - a primeira é quando a empresa está passando por graves problemas, e não tem outra alternativa se não começar de novo; - a segunda é quando a empresa ainda não se encontra em dificuldades, mas é possível prever futuros problemas e evitar passar por obstáculos; - e a terceira situação é quando a empresa tem um ótimo desempenho, e mesmo sem previsões de problemas futuros, opta por passar pelo processo de reengenharia para ganhar mais vantagem competitiva em relação aos concorrentes, e aumentar ainda mais seu desempenho, com a ideia de que ao refazer algo que já é bom, é possível alcançar algo ainda melhor! E é neste sentido que acredito: antever o futuro é hoje a condição de sobrevivência no mundo empresarial competitivo. Pensar em estratégia é pensar o futuro!

Leave a Reply

Your email address will not be published.