fbpx

Design de Interiores Sensorial

Nesse período de mudanças políticas, financeiras e sociais, o homem modifica constantemente seu comportamento e sua visão de mundo. A evolução do social e a preocupação das empresas tornaram a experiência do consumidor um fenômeno holístico que envolve os campos emocional, social, físico e cognitivo, levando o cliente a optar por um produto pelo envolvimento que  possui com a marca e a forma como ela se comporta em relação ao mundo.

O Branding, em conjunto com o Design Sensorial, foca-se no desejo de transcender a satisfação material e vivenciar a satisfação emocional, oferecendo aos clientes uma conectividade com o produto e o espaço que em que ele se encontra. Os cinco sentidos são cruciais para otimizar a experiência e a fidelização do consumidor ao produto e a marca. Por este motivo, na criação de um ambiente comercial, procuramos ver além dos estímulos visuais, estabelecendo ligações emocionais com experiências olfativas, sonoras ou sensoriais, transformando o momento em algo prazeroso que crie vínculos entre público e empresa.

Cores, formas, texturas, cheiros, iluminação. Toda a estrutura do ambiente é pensada estrategicamente para vincular o cliente ao produto,  às vezes acelerando o consumo ou transportando o consumidor para um momento mais relaxado. Por exemplo: a sala de espera de uma dentista especializada em odontologia infantil para muitas crianças é um espaço crítico, aumentando a subjetividade da dor.

Alinhando o Design de Interiores às ferramentas do Design Sensorial,  a sala de espera ou o consultório pode se tornar um ambiente mais lúdico e criativo, interagindo com o paciente de forma que cada pessoa possa experimentar outras sensações e relaxar, amenizando assim o seu medo.

Cada ambiente deve se comportar de uma maneira, estimulando os sentidos e criando momentos especiais para o consumidor.

Rodrigo Casari

Designer de Interiores