fbpx
Prepare-se para a nova economia

Nova economia: você está preparado?

A expressão “Sou do tempo em que negócios eram criados para uma vida” está com os dias contados. As empresas terão que aprender a viver ciclos mais curtos. Na nova economia, os negócios bem-sucedidos durarão de três a cinco anos. Quem quiser viver mais terá que se reinventar, daí a importância do olhar atento das pessoas que fazem a gestão dos negócios da empresa em fazer novas conexões.

 

Aceite uma nova relação das pessoas com o trabalho. Dê oportunidade para que elas possam pensar em novos projetos e não apenas em executar tarefas. Reconheça que o consumidor está mudando e o compartilhamento de produtos e serviços é a nova tendência. Aprenda que ideias só são boas quando executadas. Converse, exponha o que pretende, ouça opiniões, crie, teste e execute com rapidez, não com perfeição.

 

Acredite que sempre será possível fazer algo mais rápido e barato, pois nada está definitivamente pronto. Reconheça que o executivo ou o empreendedor não sabem de tudo. Eles são apenas condutores de um processo.

 

Olhe para o erro como uma oportunidade de consolidar o aprendizado. Questione, entenda e busque novas formas de superar o erro cometido para que não aconteça novamente.

 

“Se for para errar, que erre logo!”

 

Identifique a verdadeira função do dinheiro: que é a de ajudar a chegar ao objetivo e não o objetivo. Começar um negócio esperando que o dinheiro seja a maior recompensa é um erro, dinheiro é consequência de um bom produto, serviço e atendimento.

 

O fator fundamental da nova economia é o consumidor e o impacto que os produtos e serviços podem causar. Uma das áreas mais afetadas é a comunicação e, por consequência, as estratégias de marketing. A forma como interagimos com outras pessoas e com as demais organizações está em constante evolução.

O desafio das empresas é a criação e manutenção de marcas que se adaptem às frequentes mudanças no negócio, sem perderem sua essência. Marcas com alma, propósito, autenticidade e compromisso com soluções maiores para consumidores exigentes.

 

Vamos repensar o seu negócio para a nova economia?

Gera Brand – mais do que pensar marcas, gerar oportunidades!

Marcelo Silvani

Quando escolhi o Design como profissão adentrei ao mundo da reengenharia, fenômeno de gestão dos anos 90. Em 2000 foi o início do Design de Serviços, fato este que os profissionais do Design vivem em plenitude. Reengenharia nas empresas poderia ser usada em três situações: - a primeira é quando a empresa está passando por graves problemas, e não tem outra alternativa se não começar de novo; - a segunda é quando a empresa ainda não se encontra em dificuldades, mas é possível prever futuros problemas e evitar passar por obstáculos; - e a terceira situação é quando a empresa tem um ótimo desempenho, e mesmo sem previsões de problemas futuros, opta por passar pelo processo de Design Estratégico para ganhar mais vantagem competitiva em relação aos concorrentes, e aumentar ainda mais seu desempenho, com a ideia de que ao refazer algo que já é bom, é possível alcançar algo ainda melhor! E é neste sentido que acredito: antever o futuro é hoje a condição de sobrevivência no mundo empresarial competitivo. Pensar em estratégia é pensar o futuro!

Leave a Reply

Your email address will not be published.